22 de fev de 2011

O show

Estava eu passeando tranquilamente pela praça “Alves Garcia” quando avistei um grande cartaz que anunciava o show da banda mais famosa do momento, o que me deu um desejo enorme de participar daquele acontecimento.
Só que tinha um problema, precisava da autorização dos meus pais e o dinheiro para pagar ingresso.
Respirei fundo imaginando o não que ele me daria e falei: ­­- Pai... Você me deixa  ir ao Show de Jota Quest?
(Eu bem que gostaria de escutar, um - claro filha pode ir, você vai precisar de dinheiro ? Mas isso só nos meus sonhos!)
-Não!
Minha mãe que gostava de sair para shows quando nova me ajudou a convencer papai:
-Querido, lembra quando a gente saia juntos para as festas juntos?
-É... mas...
-Mas o que amor?
Eu fui logo me adiantando e dizendo com eu iria onde seria a que horas e etc.
-Vai pai, me deixa ir! É o show que todo jovem da minha idade sonha em ir!
Por favor, pai!? Por favor!?
-Pensando bem minha filha, acho mesmo bom você ir, um pouquinho de distração deve lhe fazer bem. Após o fim do seu namoro você tem ficado muito tristonha - aquele rapaz não lhe merecia!
Eu fiquei extremamente feliz dei pulos  de tanta alegria e um abraço de agradecimento a meus pais!
-Pai, mãe eu  amo muito vocês !
O dia do grande show estava cada vez mais próximo. Apesar da grande tristeza que habitava em meu ser, causado pelo fim de um relacionamento quase que perfeito, pairava dentro de mim uma esperança de que a tristeza me desse um adeus e que o amor renascesse dentro do meu coração outra vez.

Os dias se passaram...

Passei a semana toda me preparando como se fosse o dia mais especial da minha vida. Uma preparação otimista ”tudo vai dar certo!”
Em fim, é hoje o grande dia, “o dia mais esperando!”
-Lú, amos está na hora, não podemos perder um segundo dessa festa!
-Esperem meninas, já estou indo!
Quando chegamos minha nossa... o estádio estava lotado e a minha expectativa a mil por hora.
A música, a adrenalina o ritmo... Tudo estava perfeito!Minhas amigas felizes e acompanhadas!
Porém, minha tristeza só havia aumentado mais e mais, ao lembrar do meu quase ex-amor. Do outro lado a multidão vibrava e participava contando: “Hoje preciso de você
Com qualquer humor, com qualquer sorriso. Hoje só tua presença Vai me deixar feliz. Só hoje”
-(...)Valeu galera, foi demais até a próxima!

FIM!

Da festa!
Não do meu sofrimento!
De volta pra casa, a tristeza ainda era minha única companhia, e ao me deitar o vazio predominou por dentro de mim por não ter tido nesta noite o amor que desejava.

Um comentário:

Suas palavras para mim são muito importante!!
Esteja a vontade em comentar, a honra é toda minha!!
Obrigada!
E volte sempre!!