20 de fev de 2011

Compondo meu silêncio"

apenas palavras
Sempre que vou escrever uma carta para alguém especial eu me perco, sem saber por onde começar o que escrever, e se estarei usando as palavras certas.
Fico por horas encarando o papel, que não me ajuda em nada!
Aí fecho bem os olhos... lembro dos maus e bons momentos que passei com o dono desta carta, ou talvez das coisa que nunca pude viver e que sonho em realizar, ao lado de para quem escrevo.
As palavras são quase sempre curtas e diretas, para repassar a pessoa especial o que realmente sinto e o que quero viver ou o que já vivi ao seu lado.
As primeiras linhas são decisivas, para sustentar todo o edifício de minha carta. E um roteiro de um pedaço da minha vida se passa por entrelinhas na tal carta.
Após deixar escrito tudo que desejo, me sinto de missão cumprida como se fosse um dever para mim dizer ás pessoas através de simples palavras o que sinto e o que penso sobre elas.
É assim que uso as palavras: uso-as para compor meu silêncio!


Luana Liarkeis"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Suas palavras para mim são muito importante!!
Esteja a vontade em comentar, a honra é toda minha!!
Obrigada!
E volte sempre!!