2 de mar de 2012

Não leva ele tempo...

-Oi.
-Eu já soube você está indo.
-Eu...
- Não precisa falar nada.
-Não é por que eu quero.
- Então por quê?
- O tempo me obrigou.
- Não culpe o tempo.
- A culpa é sua!
- Eu...
- Eu sei você vai levar o tempo junto.
- Me deixa explicar!
- Pra que?
- Pra você saber que eu queria ficar com você...
- Isso não adianta você está indo assim mesmo.
- Eu queria ficar... Você iria comigo?
- Não...
- Viu?! Por isso o tempo me obriga!
- Não me culpe, não culpe o tempo, a decisão é sua, é a sua vida. Eu respeito.
- Me espera?
- Mas você vai com o tempo...
-Eu vou com um tempo, o outro fica. E ele resolverá nossas vidas!
-O tempo é traiçoeiro e...
- Eu sei, viu o que ele fez com a gente?
-Sim...
- Agora eu preciso ir.
-Espera...
-Oi.
-Eu te amo!
*silêncio*
-Não chore.
-Não me peça pra não chorar...
-Eu vou, mas eu volto... Te Amo!



Luana Liarkeis"

Um comentário:

  1. A pessoas que descreve com vivacidade aquilo que sente e aquilo que é. E na força das palvras descrevem por si aquilo que poucos sabem A RESPEITO DAQUILO QUE PENSA OU DAQUILO QUE LÊ OU VÊ.Por que na proporção das vezes passamos por alto aquilo que até mesmo um mero grao de areia podia nos descrever o que de mais fantastico possa existir por de trás da criação seja ela matéria ou seja ela palavras... Daquilo que pensamos e sentimos.Assim como num piscar de olhos conseguimos fotografar algo tao magestoso que nos da a certeza que somos algo muito mais do que especial...Mesmo que revelamos isso por meio de uma simples figura ou gravura que expressa algo diria eu fabuloso aos olhos nu...
    bj e um belo inicio de semana...
    http://www.uanderesuascronicas.blogspot.com

    ResponderExcluir

Suas palavras para mim são muito importante!!
Esteja a vontade em comentar, a honra é toda minha!!
Obrigada!
E volte sempre!!